Sem nada para fazer, vereadores de São Paulo decidem questionar MPF sobre exposição Queermuseu no… RS

15/setembro/2017 - 5:00 pm

Publicado por

Edson Nascimento, 48, é jornalista. Nasceu em Belém do Pará, mas mudou-se para São Paulo quase trinta anos atrás. Entre 2000 e 2015 dirigiu o Projeto Pão Nosso, Ong que atendeu mais de duas mil crianças e jovens, oferecendo educação, profissionalização e renda. Em algum momento da vida colocou na cabeça que ia transformar o mundo.

Bancada cristã da Câmara de São Paulo questiona MPF sobre mostra no Rio Grande do Sul: graças a Deus não temos problemas

Como a cidade de São Paulo não tem problemas, também não precisa de soluções. Nossos diligentes vereadores, incapazes de responder a simples questionamentos de seus cidadãos, encontraram um tempinho para – assim como o MBL – se meter onde não foram chamados. Assim, enviaram requerimento ao Ministério Público Federal pedindo a apuração de “ilícitos penais” e atos de “improbidade administrativa” por parte do Ministério da Cultura, do Santander e do curador da Mostra, Gaudêncio Fidelis.

Enquanto isso, o prefeito continua viajando em campanha pelo Brasil e pelo mundo, e beneficiando empresários em suas decisões. Mas o que é isso diante de uma exposição de arte, não é mesmo?

Notícias