Virtual na prefeitura! Juão é o fake de “verdade”.

5/setembro/2017 - 6:17 pm

Publicado por

Marcelo tem 48, é ativista político, republicano, democrata e progressista, estudou sociologia e ciência política, na Escola de Sociologia e Política de São Paulo e trabalha com estudos de opinião pública e comunicação política. twitter @oceanoazul

O prefeito Juão Doria imita o candidato do “coração brasileiro”.

Em 2002, ajudei na criação do primeiro candidato virtual, o Feliciano Brasileiro, desenhado com base em pesquisas de opinião para demonstrar como um candidato surge no período eleitoral, ganha espaço e atenção dos meios de comunicação.

 

Quinze anos depois, assistimos na cidade de São Paulo o surgimento do Prefeito fake, outra invenção do marketing e da desatenção do eleitor na hora de escolher o governante.

Pela imprensa você fica sabendo que o prefeito está em todos os lugares do mundo, menos onde deveria estar, que é a Prefeitura. Disse mais de uma vez em artigos que o prefeito costuma “confundir” os papéis, desta vez ele é o turista de negócios em São Paulo. Na periferia, onde os problemas da cidade são mais reais e se avolumam, Juão Doria não dá as caras, só foi visto por lá para fazer promessas de campanha antes das eleições e quando se fantasiou de “faz tudo”.

Pelo visto, tá ficando escancarado que Juão Doria é um baita faz nada.

Enquanto que o candidato virtual era só um experimento bem sucedido.

Notícias